Comissão Nacional de Arbitros de Futebol

Compete à Comissão Nacional de Futebol (CNAF), de um modo geral, a direcção de todos os assuntos relativos à arbitragem de jogos de futebol que decorram no âmbito das provas realizadas pela Federação Moçambicana de Futebol, Associações, Clubes de diferentes associações, provas e jogos internacionais.

A Comissão Nacional de Árbitros de Futebol, CNAF, é dotada de autonomia técnica e constituída por um presidente, um vice-presidente, um secretário e três vogais, sendo todos de nacionalidade Moçambicana.

A Comissão Nacional de Árbitros de Futebol, CNAF, é integrada por pessoas com qualificações específicas do sector da arbitragem preferencialmente árbitro licenciado, sendo estes, obrigatoriamente, num mínimo de três.

O presidente convoca e preside às reuniões da Comissão Nacional de Árbitros de Futebol.

COMISSÃO DE FUTEBOL FEMININO

Embora o futebol feminino tenha crescido exponencialmente em todos os níveis nos últimos tempos, a paixão e o potencial do esporte oferecem vastas oportunidades inexploradas. A visão estratégica da FMF para o Futebol Feminino da FMF traça o caminho de como a FMF trabalhará com todas as partes interessadas para tomar medidas concretas para capacitar meninas e mulheres, tornar o futebol um desporto para todos e defender a discriminação de género.

À luz da estratégia da FIFA, a Comissão de Futebol Feminino da FMF tem como objectivos:

  • Aumentar o nível de participação feminina no futebol em todo o país
  • Aumentar o valor comercial gerando de novos fluxos de receita e a optimização dos existentes em torno dos eventos femininos permitindo a expansão dos esforços de desenvolvimento;
  • Criar um ecossistema de futebol feminino mais sofisticado e incentivar papéis de liderança para as mulheres de forma a modernizar a gestão do jogo.

Esses objectivos ambiciosos serão alcançados através da execução dos cinco pilares abaixo:

  1. Desenvolvimento. Crescimento dentro e fora do campo;
  2. Exposição do jogo. Melhoramento das competições femininas;
  3. Comunicação e Comercialização. Exposição e valor ampliados;
  4. Governança e Liderança. Lutar pelo equilíbrio de género;
  5. Educação e Capacitação. Conhecimento.

COMISSÃO DE FUTEBOL DE PRAIA

O futebol de praia é uma das modalidades que mais cresce o mundo. Desde a sua introdução em 2005 no portfólio competições, a FIFA se esforçou para aproveitar o seu verdadeiro potencial para impulsionar o seu desenvolvimento.

A FMF pretende investir profundamente nesta área, desenvolvendo e apoiando iniciativas de implementação dos mais diversificados programas. A Comissão de Futebol de Praia foi estabelecida para fornecer liderança e auxílio técnica e organizacional às diferentes iniciativas.

COMISSÃO MÉDICA

A Comisão Médica tratará de todos os aspectos médicos do futebol. O objectivo da Comissão é fornecer serviços médicos de alto nível nas competições da FMF, manter o futebol livre de doping e proteger e melhorar a saúde de todos os jogadores de futebol. A Comissão Médica está comprometida em prevenir lesões nos jogos e promover o futebol como uma actividade saudável.

Composição
Nome Cargo
Raúl Cossa Presidente
Mussa Mamudo Calú Vice-Presidente
Alberto Salomone Massagista (Selecção AA)
Angélica Sitóe Massagista (Selecção Feminina e Jovens)

COMISSÃO DE SEGURANÇA

Esta Comissão visa garantir a definição e implementação das medidas mínimas de segurança e proteção dos participantes de eventos desde atletas, dirigentes, espectadores, técnicos, pessoal de apoio e meios de comunicação.

A Comissão deve tomar todas as medidas razoáveis ​​necessárias para garantir a segurança nos eventos da FMF.